Abraão é considerado na Bíblia como o pai da fé. Sua história é repleta de bons exemplos e podemos tirar lições sobre obediência, coragem, fé, justiça, paciência, hospitalidade e relacionamento com Deus. Como cristãos, podemos aprender muito com a vida de Abraão e aplicar essas qualidades em nossas próprias vidas.

Quer aprender sete qualidades de Abraão que todo cristão deveria ter e como podemos aplicá-las em nossa vida de fé? Então vamos lá!

Quem foi Abraão na Bíblia?

Abraão, filho de Terá, cujo nome original era Abrão, nasceu em Ur dos Caldeus, atual Iraque, e era descendente de Sem, filho de Noé.

Segundo a Bíblia, Deus apareceu a Abraão quando ele tinha 75 anos e pediu-lhe que deixasse sua terra natal e seguisse para uma terra que Ele lhe mostraria. Abraão confiou em Deus e partiu com sua esposa Sara, seu sobrinho Ló e todos os seus bens.

Ao longo de sua vida, Abraão enfrentou muitos desafios e provações, mas sempre confiou em Deus e obedeceu à Sua vontade. Ele teve que lidar com a escassez de alimentos, as guerras, a esterilidade de sua esposa e outras dificuldades, mas em todas essas situações, ele permaneceu fiel a Deus que o recompensou por sua obediência.

Um dos eventos mais conhecidos da história de Abraão é o episódio em que Deus lhe pediu que sacrificasse seu filho Isaque como um teste de sua fé. Não foi fácil para Abraão, mas ele obedeceu. Como Deus apenas queria provar a fé de Abraão, então o impediu-o de prosseguir com o sacrifício, providenciando um carneiro como substituição. Este evento certamente é uma das maiores demonstrações de fé e obediência na Bíblia.

Abraão também é lembrado por sua hospitalidade, generosidade e justiça. Além disso, ele também foi um homem que teve um relacionamento íntimo com Deus. Tanto, que na Bíblia foi “chamado o amigo de Deus.” Tiago 2:23

As histórias de Abraão podem ser encontradas em várias partes da Bíblia, incluindo Gênesis 11-25, Romanos 4, Hebreus 11 e Tiago 2.

Aqui estão 7 Qualidades de Abraão:

Qualidades de Abrão

1. Fé

“Abrão creu no Senhor, e isso foi creditado como justiça.” Gênesis 15:6

A fé de Abraão é uma das qualidades mais marcantes e importantes em sua história. De acordo com a tradição judaico-cristã, Abraão foi chamado por Deus para deixar sua casa e sua terra natal e seguir para uma terra desconhecida, onde Deus o prometeu que ele se tornaria pai de uma grande nação. Abraão não questionou a voz de Deus e seguiu em frente com fé, confiando que Deus cumpriria suas promessas.

Ao longo de sua vida, Abraão enfrentou muitos desafios e dificuldades, mas sua fé nunca vacilou. Ele acreditava que Deus era todo-poderoso e que controlava todas as coisas, e que a fé e a obediência eram o caminho para uma vida abençoada.

Sua fé inabalável foi testada várias vezes, incluindo quando Deus pediu que ele sacrificasse seu filho Isaque, mas ele confiou que Deus tinha um plano maior e seguiu em frente com obediência.

A fé de Abraão é um modelo para os crentes de todas as religiões, que são chamados a confiar em Deus e seguir Seus mandamentos, mesmo quando enfrentam dificuldades ou incertezas. A história de Abraão, pai da fé, continua a inspirar e motivar as pessoas a acreditar em Deus e seguir seus caminhos.

2. Coragem

“Assim, partiu Abrão, como o Senhor lhe havia dito, e Ló foi com ele. Abrão tinha setenta e cinco anos quando saiu de Harã.” Gênesis 12:4

A coragem de Abraão é outra qualidade de destaque em sua história. Em muitas ocasiões, Abraão teve que tomar decisões difíceis e enfrentar desafios que exigiam grande coragem.

Um exemplo marcante é quando Deus pediu a Abraão para sacrificar seu filho Isaque como um teste de fé.

“Então disse Deus: Toma agora o teu filho, o teu único filho, Isaque, a quem ama, e vai-te à terra de Moriá, e oferece-o ali em holocausto sobre uma das montanhas, que eu te direi.” Gênesis 22:2

Essa foi uma decisão incrivelmente difícil e dolorosa para Abraão, mas ele mostrou coragem e obediência, confiando que Deus tinha um plano maior.

Ele preparou Isaque para o sacrifício, mas no último momento Deus o deteve e o recompensou por sua fé e obediência.

Além disso, Abraão mostrou coragem ao defender a justiça e a igualdade. Ele negociou com Deus para salvar as cidades de Sodoma e Gomorra se houvesse um número suficiente de pessoas justas vivendo lá.

“Longe de ti fazeres tal coisa, matares o justo com o ímpio, tratando o justo e o ímpio de maneira igual! Longe de ti! Não fará justiça o Juiz de toda a terra?” Gênesis 18:25

Ele argumentou com Deus, buscando o melhor para as pessoas que lá habitavam, mesmo sabendo que estavam vivendo em pecado.

A coragem de Abraão é um exemplo para todos aqueles que enfrentam desafios e dificuldades em suas vidas. Abraão ensina que coragem não é a ausência de medo, mas sim a disposição de enfrentar nossos medos e seguir em frente com determinação e confiança.

3. Paciência

“E assim, depois de esperar com paciência, alcançou o que Deus lhe havia prometido.” Hebreus 6:15

A paciência de Abraão é outra qualidade forte em sua história. Ele foi chamado por Deus para deixar sua terra natal e seguir para uma terra desconhecida, onde Deus prometeu que ele seria pai de uma grande nação. No entanto, Abraão teve que esperar muitos anos antes que essa promessa se cumprisse.

Durante esse tempo, ele enfrentou muitas dificuldades e desafios, mas nunca perdeu a paciência ou a fé em Deus.

Abraão também mostrou paciência ao esperar por um filho. Ele e sua esposa Sara eram estéreis e tiveram que esperar até a idade avançada antes que Isaac nascesse. Abraão teve que lidar com muitas incertezas e provações durante esse tempo, mas manteve sua fé em Deus e sua paciência.

A paciência de Abraão é um exemplo para todos nós, mostrando que às vezes precisamos esperar e ter paciência antes que nossos sonhos e promessas se cumpram. Em vez de ficarmos frustrados ou impacientes, devemos confiar em Deus e acreditar que Ele tem um plano para nós.

A paciência de Abraão nos ensina a esperar pacientemente pelo cumprimento das promessas de Deus e confiar em Sua fidelidade e bondade.

4. Justiça

“Pois eu o escolhi, para que ordene aos seus filhos e à sua casa depois dele, a fim de que guardem o caminho do Senhor e pratiquem a justiça e a justiça; para que o Senhor faça vir sobre Abraão o que tem falado a seu respeito .” Gênesis 18:19

A justiça é outra qualidade de Abraão que fica em sua história. Ele era conhecido por sua integridade e retidão, e sempre buscava fazer o que era certo e justo, mesmo quando isso significava ir contra a opinião popular.

Um exemplo disso é quando Abraão negociou com Deus para salvar as cidades de Sodoma e Gomorra, buscando a justiça para as pessoas que lá habitavam, mesmo sabendo que estavam vivendo em pecado. Ele questionou a Deus e argumentou em favor da justiça, mostrando que a vida humana é valiosa e que a justiça deve ser buscada.

Além disso, Abraão também foi justo em seus relacionamentos pessoais. Ele tratou Sara com respeito e amor, e foi um bom amigo para seus vizinhos e aliados. Ele também demonstrou justiça em sua liderança, tomando decisões sábias e justas em relação aos seus filhos e parentes.

A justiça de Abraão é um modelo para todos nós, lembrando-nos da importância de fazer o que é certo e justo, mesmo quando isso é difícil. Ele nos ensina que devemos buscar a justiça em todas as áreas de nossas vidas, incluindo nossos relacionamentos pessoais, nossa liderança e nossas interações com o mundo ao nosso redor.

5. Hospitalidade

1 O Senhor apareceu a Abraão nos carvalhais de Manre, enquanto ele estava sentado à entrada da sua tenda, no maior calor do dia. 2 Abraão olhou e viu três homens em pé. Ao vê-los, correu da entrada da sua tenda ao encontro deles e prostrou-se com o rosto em terra. 3 E disse: “Se encontrou favor a teus olhos, meu senhor, não passa por teu servo. 4 Faça-me o favor de não passarem por aqui sem parar. 5 Deixe-me trazer água para que vocês lavem os pés e descansem sob esta árvore. 6 Trarei um pedaço de pão para que vocês recuperem as forças antes de continuarem a jornada. Foi para isso que passou pelo seu servo”. 7 “Muito bem”, disseram eles, “faça como disseste”. 8 Abraão correu para a tenda, foi depressa até Sara e lhe disse: “Amasse depressa três medidas de farinha e faça pão”. Gênesis 18:1-8

Abraão era conhecido por sua generosidade e disposição de abrir sua casa e compartilhar seus recursos com os outros.

Um exemplo disso é quando três estranhos apareceram na tenda de Abraão e ele imediatamente ofereceu-lhes água para lavar os pés e um lugar para descansar e comer. Ele preparou um banquete para eles e os tratou como convidados de honra. Abraão foi extremamente generoso com seus hóspedes, mesmo sem saber quem eles eram ou qual era o motivo de sua visita.

Além disso, Abraão também demonstrou hospitalidade quando recebeu um anjo disfarçado em sua casa. Ele não apenas o alimentou e cuidou dele, mas também ouviu suas mensagens e cumpriu seus pedidos.

A hospitalidade de Abraão é um exemplo para todos nós, mostrando que devemos estar dispostos a abrir nossas casas e compartilhar nossos recursos com os outros. Ele nos ensina que devemos ser generosos e acolhedores, especialmente com aqueles que são estranhos para nós, pois isso é o que Deus espera de nós. A hospitalidade de Abraão é uma virtude importante em muitas culturas e religiões e continua a ser valorizada até hoje.

6. Relacionamento com Deus

“E se cumpriu a Escritura, que diz: ‘E creu Abraão em Deus, e isso foi imputado como justiça’, e foi chamado o amigo de Deus.” Tiago 2:23

O relacionamento de Abraão com Deus é uma das qualidades mais importantes em sua história. Ele foi escolhido por Deus para ser o pai de uma grande nação e através dele, todas as nações da terra seriam abençoadas. Abraão confiou em Deus e obedeceu Sua vontade, mesmo quando isso significava deixar sua terra natal e seguir para um lugar desconhecido.

“Disse mais Abraão, respondendo: Eis que me atrevo a falar ao Senhor, ainda que sou pó e cinza.” Gênesis 18:27

Abraão também demonstrou uma grande intimidade e confiança em Deus, conversando com Ele como um amigo. Ele orou a Deus quando teve problemas e perguntou-lhe sobre suas dúvidas e inseguranças. Abraão também recebeu revelações de Deus e foi guiado por Ele em muitas áreas de sua vida.

Além disso, o patriarca Abraão também mostrou sua fé em Deus quando Deus pediu que ele sacrificasse seu filho Isaac. Abraão confiou em Deus e acreditou que Ele teria um plano maior e melhor para ele e para sua família.

O relacionamento de Abraão com Deus é um exemplo para todos nós, mostrando que devemos confiar em Deus e obedecer à Sua vontade, mesmo quando isso parece difícil ou irracional. Ele nos ensina que podemos ter uma relação íntima e confiante com Deus, e que Ele nos guiará e nos protegerá em todos os momentos de nossa vida. O relacionamento deste patriarca com Deus é um modelo de fé e confiança que inspira e encoraja as pessoas em todo o mundo até hoje.

7. Obediência

“Ora, o Senhor disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei. E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma vitória. E abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra. Partiu, pois, Abrão, como o Senhor ordenara, e Ló foi com ele. Tinha Abrão setenta e cinco anos quando saiu de Harã.” Gênesis 12:1-4

A obediência é outra qualidade importante de Abraão. Em várias ocasiões, Abraão obedeceu a Deus, mesmo quando isso significava tomar decisões difíceis e sacrificar seus próprios desejos pessoais.

Um exemplo claro disso é quando Deus lhe pediu para deixar sua terra natal, sua parentela e sua casa para ir a uma terra desconhecida.

Abraão confiou em Deus e obedeceu a Seu chamado, seguindo em frente com sua família e seus bens.

Outro exemplo é quando Deus lhe pediu para sacrificar seu filho Isaque como um teste de sua fé. Abraão não hesitou em cumprir a ordem de Deus, mesmo que isso fosse um grande desafio emocional para ele.

“Então disse Deus: ‘Tome seu filho, seu único filho, Isaque, a quem você ama, e vá para a região de Moriá. Sacrifique-o ali como holocausto num dos montes que eu lhe indicar.'” Gênesis 22:2

Ele demonstrou sua obediência a Deus em todas as áreas de sua vida, colocando a vontade de Deus acima de sua própria.

A obediência de Abraão é um modelo para todos nós, mostrando que devemos confiar em Deus e obedecer à Sua vontade, mesmo que isso pareça difícil ou incompreensível. Ele nos ensina que a obediência é uma virtude importante em nossa vida, e que seguir a vontade de Deus pode nos levar a um caminho mais significativo e gratificante.

A obediência deste servo de Deus é uma lição atemporal que continua a inspirar e desafiar as pessoas em todo o mundo.

E aí, gostou deste estudo sobre as qualidades de Abraão? Então veja também:

Sobre o Autor

André Lourenço
André Lourenço

Formado em Teologia, Graduado em Qualidade e Professor de cursos de Pregação e Interpretação Bíblica, me sinto feliz em compartilhar estudos bíblicos com você.

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


  1. Uma linda história de amor,e obediência de Abraão para com Deus.
    Que Deus cresça em mim,e que eu diminua,, para glória de Cristo Jesus.

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.