As Frases de Armínio marcaram profundamente a história da teologia. Nasceu em 10 de outubro de 1560, em Oudewater, na Holanda, Jacó Armínio era um teólogo, pastor e professor neerlandês da época da reforma protestante, pois a sua educação em universidades como Marburgo, Leiden, Genebra e Basileia moldou seu pensamento e sua visão de mundo.

Mas em Genebra, ele foi aluno do famoso teólogo protestante Teodoro de Beza, discípulo de João Calvino. Suas habilidades e conhecimentos o levaram a se tornar pastor em Amsterdã em 1588 e, posteriormente, professor na Universidade de Leiden em 1603.

A Jornada de Armínio

A Jornada de Armínio

Armínio é mais conhecido por suas ideias que formaram a base do Arminianismo e do movimento neerlandês Remonstrante, pois ele acreditava na liberdade da ação humana e na capacidade do indivíduo de aceitar ou rejeitar a graça de Deus.

As ideias de Armínio foram controversas em sua época, mas continuam a influenciar o pensamento cristão até hoje e por isso, convidamos você a explorar mais sobre Armínio e suas frases inspiradoras.

1. Neste estado [condição caída do homem], o Livre Arbítrio do homem para com o Deus Verdadeiro não é apenas ferido, mutilado, enfermo, dobrado e enfraquecido; mas também está aprisionada, destruída e perdida. E seus poderes não são apenas debilitados e inúteis a menos que sejam assistidos pela graça, mas não tem poderes a não ser aqueles que são excitados pela graça Divina. – Armínio

2. Deus decretou salvar e condenar certas pessoas particulares. Este decreto tem seu fundamento na presciência de Deus, pela qual ele conhecia desde toda a eternidade aqueles indivíduos que, por meio de sua graça impeditiva [antes] da graça, creriam e, por meio de sua graça subsequente, perseverariam pela qual a presciência, ele também conhecia aqueles que não acreditariam e perseverariam. – Armínio

3. A providência de Deus está subordinada à criação; e é, portanto, necessário que não colida com a criação, o que faria, se inibisse ou dificultasse o uso do livre-arbítrio no homem. – Armínio

4. A consciência tranquila é o paraíso. – Armínio

5. Dizer que Romanos 7 descreve o cristão é menosprezar a graça de Deus e fomentar o comportamento desonesto. – Armínio

6. Nada é mais obstrutivo à investigação da verdade do que compromissos prévios com verdades parciais. – Armínio

7. Essa doutrina [sola gratia]… estabelece a graça de Deus, quando atribui todo o louvor da nossa vocação, justificação, adoção e glorificação, somente à misericórdia de Deus e a afasta inteiramente de nossa própria força, obras e mérito. – Armínio

8. O homem não pode ter [fé] de si mesmo. – Armínio

9. É muito claro, a partir das Escrituras, que o arrependimento e a fé não podem ser exercidos senão pelo dom de Deus. – Armínio

10. O ato de fé não está no poder de um homem natural, carnal, sensual e pecador… ninguém pode realizar esse ato senão pela graça de Deus. – Armínio

11. Coloco em sujeição à Providência Divina tanto o livre-arbítrio quanto a ação de uma criatura racional, de modo que nada pode ser feito sem a vontade de Deus, nem mesmo qualquer daquelas coisas que são feitas em oposição a ela. – Armínio

12. Como o Evangelho é puramente gracioso… [Ela] exclui toda causa que possa ser imaginada como capaz de ter procedido do homem, e pela qual Deus pode ser movido a fazer esse decreto. – Armínio

13. Atribuo à graça o início, a continuação e a consumação de todo o bem, e a tal ponto que a sua influência, que um homem, embora já regenerado, não pode conceber, nem fazer nenhum bem. – Armínio

14. Que esta graça de Deus é o princípio, a continuação e a realização de todo o bem, até esta medida, que o homem regenerado sem a graça prevenida ou assistencial ou despertadora não pode pensar, nem querer nem fazer o bem; de modo que todas as boas ações ou movimentos devem ser atribuídos à graça de Deus em Cristo. – Armínio

As citações de Armínio fornecem uma compreensão abrangente de sua teologia e filosofia, no entanto as suas palavras expressam uma profunda compreensão da misericórdia, vontade e fé de Deus. Ele pensava que o favor de Deus era a causa de todo o bem e que faltava fé ao homem por conta própria.

Além disso, Armínio também enfatizou o significado da fé e do arrependimento como dádivas de Deus, pois os seus pensamentos sobre a benevolência divina e o papel do livre arbítrio no comportamento humano são particularmente dignos de nota. Ou seja, em última análise, as palavras de Armínio convidam-nos a considerar as questões fundamentais da fé, da misericórdia e do livre arbítrio. Elas ainda inspiram as pessoas a continuar lendo e se desafiando hoje.

Se você gostou, então continue lendo e compartilhe com seus amigos e familiares!

20 Frases edificantes de William Tyndale

30 Frases de João Calvino com ensinos poderosos

27 Frases de Charles Stanley para refletir

20 Frases de Max Lucado edificantes para vida com Deus

25 Frases de Joyce Meyer edificantes para a vida cristã

20 Frases poderosas de Kathryn Kuhlman

25 Frases de Billy Graham que continuam impactando

20 Principais Frases de Charles Swindoll

16 Frases Edificantes de RC Sproul

14 Frases de John Stott sobre a Cruz de Cristo

20 Frases de Martinho Lutero que expressam fé

Sobre o Autor

Jean Alex
Jean Alex

Jean tem MBA Gerenciamento de Projetos. Voluntário da Comunicação na Primeira Igreja Batista de Curitiba, Gerente de Projetos e Inovação, Empreendedor, Editor. Curitibano de coração! #followyourdream

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.