O Salmo 46 expressa a mensagem de que Deus é o melhor lugar para se estar independentemente das circunstâncias da vida. Aconteça o que acontecer, em Deus temos segurança.

O autor, inspirado pelo Espírito Santo, dividiu este salmo em três partes, cada uma terminando pela palavra “selá”, que significa pausa. A divisão está da seguinte forma:

Após os versos 1-3, temos uma pausa; após os versos 4-7 outra pausa; e após os versos 8-11, outra pausa.

Em cada uma dessas divisões, temos uma mensagem, ou melhor, uma lição sobre a forma de Deus se revelar.

1. Deus é (Salmos 46:1-3)

¹ Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.

² Portanto não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares.

³ Ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza. (Selá.)  

Na primeira divisão, versos 1 ao 3, inicia com “Deus é”, ou seja, o texto expressa quem Deus é e por isso não podemos temer.

Quem Deus é? Ele é um Deus Onipotente que tem todo poder. Ele é um Deus Onipresente que pode estar em todo lugar ao mesmo tempo. E Ele é um Deus onisciente que tem todo conhecimento, ou seja, sabe de tudo. 

“Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.” Em Deus temos o abrigo mais seguro e por isso não devemos temer.

Deus é tudo que precisamos. Jesus é suficiente. Então, quando se sentir com medo, lembre-se de quem Deus é.

2. Deus está (Salmos 46:4-7)

⁴ Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo.

Deus está no meio dela; não se abalará. Deus a ajudará, já ao romper da manhã.

⁶ Os gentios se embraveceram; os reinos se moveram; ele levantou a sua voz e a terra se derreteu.

⁷ O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. (Selá.) 

A segunda divisão do Salmo 46 destaca a presença de Deus. Vemos isso nas palavras “Deus está”, significando que Ele está presente.

O atributo de Deus evidenciado aqui nessa parte é sua Onipresença. Ou seja, o poder de Deus em estar presente em todos os lugares. 

E podemos desfrutar dessa presença em nossas vidas sabendo que não estamos sozinhos, mas Deus está conosco.

O versículo 4 diz: “Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus…” O rio descrito em Ezequiel 47 simboliza o Espírito Santo. Além do Espírito de Deus trazer alegria para o coração triste, ele traz cura para a alma aflita.

Moisés desejou muito a presença de Deus. Ele disse: “Então Moisés disse:

  — Se a tua presença não for comigo, não nos faças sair deste lugar.  (Êxodo 33:15).

Deus é Deus de perto e não de longe, já disse o poeta. Sua presença nos fortalece e nos dá força para continuar na caminhada de fé.

Além disso, podemos passar tempo desfrutando da presença de Deus na oração. Que maravilhosa lição deste Salmo 46.

3. Deus faz (Salmos 46:8-11)

⁸ Vinde, contemplai as obras do Senhor; que desolações tem feito na terra!

Ele faz cessar as guerras até ao fim da terra; quebra o arco e corta a lança; queima os carros no fogo.

¹⁰ Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra.

¹¹ O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio. (Selá.) 

É interessante como essa terceira divisão começa com um convite para contemplar as obras do Senhor. Mas, por quê? Porque quando relembramos os feitos do Senhor, tanto na história bíblica quanto em nossas próprias vidas, fortalecemos nossa fé.

Ou seja, precisamos trazer à memória aquilo que nos dá esperança, conforme Lamentações 3:21 que diz:

“Quero trazer à memória o que me pode dar esperança.”

Importante observar que todos os versículos o autor está falando, exceto no versículo 10 que é o próprio Deus falando. Ele diz:

“Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra.”

Em outras palavras, Deus está dizendo: fique quieto e deixe eu agir. Sua parte é orar e descansar. Deus é quem peleja por você.

Quando perseguirem, caluniarem ou ofenderem você, não pague com a mesma moeda. Entregue nas mãos de Deus e descanse, pois Ele é quem lutará, não você.

Deus disse para Josafá quando os inimigos vieram pelejar contra o rei e o povo:

“Nesta peleja, não tereis que pelejar: parai, estai em pé, e vede a salvação do Senhor para convosco, ó Judá e Jerusalém; não temais, nem vos assusteis; amanhã, saí-lhes ao encontro, porque o Senhor será convosco.”

Josafá confiante nas palavras do Senhor obteve uma grande vitória. Assim como Josafá, devemos crer nas palavras de Deus e esperar Nele somente.

Estas são, portanto, as três lições que podemos aprender no Salmos 46: Deus é, podemos confiar em sua proteção; Deus está, podemos desfrutar da sua presença; Deus faz, podemos descansar em seu poder.

Sobre o Autor

André Lourenço
André Lourenço

Formado em Teologia, Graduado em Qualidade e Professor de cursos de Pregação e Interpretação Bíblica, me sinto feliz em compartilhar estudos bíblicos com você.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.