Podemos aprender muito através de bons exemplos de pessoas na Bíblia. E, quando falamos de gratidão, temos alguns personagens bíblicos que podem nos ensinar a sermos mais gratos a Deus.

Então, vamos ver quem são essas pessoas gratas na Bíblia e que lições aprendemos.

1. Jesus

A vida de Jesus aqui na terra serve como um modelo para seus seguidores, principalmente no que diz respeito à gratidão. Afinal, Ele é o próprio criador da gratidão. A Bíblia nos apresenta 4 momentos específicos em que Ele agradeceu.

²¹ Naquela mesma hora se alegrou Jesus no Espírito Santo, e disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que escondeste estas coisas aos sábios e inteligentes, e as revelaste às criancinhas; assim é, ó Pai, porque assim te aprouve. (Lucas 10:21)

Aqui Jesus agradece por Deus ocultar coisas dos orgulhosos e revelar para as pessoas como crianças, os “pequeninos”.

Podemos aprender com Jesus sobre agradecer pelo bem dos outros. Assim como Jesus se alegrou e deu graças a Deus pela inclusão dos considerados pequenos pela sociedade.

Um outro momento na Bíblia em que Jesus agradece, Ele faz antes do milagre da ressurreição de Lázaro.

⁴¹ Tiraram, pois, a pedra de onde o defunto jazia. E Jesus, levantando os olhos para cima, disse: Pai, graças te dou, por me haveres ouvido.

⁴² Eu bem sei que sempre me ouves, mas eu disse isto por causa da multidão que está em redor, para que creiam que tu me enviaste.

⁴³ E, tendo dito isto, clamou com grande voz: Lázaro, sai para fora. (João 11:41-43)

Que lição poderosa na Bíblia sobre ser grato. Jesus nos ensina que não podemos agradecer apenas depois de sermos ouvidos por Deus, mas também devemos mostrar fé para dar graças antes.

No milagre da multiplicação dos pães e peixes, vemos Jesus agradecendo a Deus antes de alimentar os 5.000. Mateus 15:36 , Marcos 8:6 e  João 6:11 registram isso.

6 Ele ordenou à multidão que se assentasse no chão. Depois de tomar os sete pães e dar graças, partiu-os e os entregou aos seus discípulos, para que os servissem à multidão; e eles o fizeram.

7 Tinham também alguns peixes pequenos; ele deu graças igualmente por eles e disse aos discípulos que os distribuíssem. (Marcos 8:6)

Podemos aprender sobre gratidão a Deus na provisão. Além disso, como no exemplo anterior, precisar dar graças a Deus pelas oportunidades de milagres. Ou seja, quando Deus nos permite passar por provações, pode ser um cenário para Ele realizar grandes milagres.

Mais um momento em que Jesus agradece é na sua última ceia com os discípulos

²⁶ Enquanto comiam, Jesus tomou o pão, deu graças, partiu-o, e o deu aos seus discípulos, dizendo: “Tomem e comam; isto é o meu corpo”.

²⁷ Em seguida tomou o cálice, deu graças e o ofereceu aos discípulos, dizendo: “Bebam dele todos vocês. (Mateus 26:26,27)

Nesta ocasião Ele sabe que vai ser traído e o que lhe esperava, mas mesmo assim Ele encontra motivos para dar graças a Deus.

Que lição poderosa! Sempre teremos mais para agradecermos do que reclamarmos. Ou seja, independentemente das circunstâncias, haverá mais para darmos graças a Deus.

2. Jó

Você deve conhecer a famosa canção Jó. Aqui está parte da letra:

“Jó, como pode ainda adorar?

Se não tem motivos pra cantar

Abandona esse Deus e morre

Mas não o adoro pelo que ele faz

Nem menos por bens materiais

Eu o adoro pelo que ele é

Eu sou dele, tudo é dele

Jó, você não tem motivos

Perdeu os seus bens, seus filhos, seus amigos

O que você vai fazer?

Eu vou adorar

Simplesmente adorar

Eu vou adorar

Deus me deu, Deus tomou

Bendito seja o nome do senhor

A ele a glória, a ele a honra

E o louvor”

E o texto bíblico revela um dos mais belos gestos de gratidão:

²⁰ Então Jó se levantou, e rasgou o seu manto, e rapou a sua cabeça, e se lançou em terra, e adorou.

²¹ E disse: Nu saí do ventre de minha mãe e nu tornarei para lá; o Senhor o deu, e o Senhor o tomou: bendito seja o nome do Senhor. (Jó 1:20,21)

Assim como Jó, podemos agradecer a Deus, mesmo em meio às tribulações. 

Exemplos de gratidão na Bíblia

3. Ana

A história de Ana você conhece. Ela queria muito ter um filho, mas infelizmente não podia devido sua esterilidade. No entanto, Ana orou e o Senhor respondeu e lhe deu Samuel.

Há uma lição aqui. Ana já orava há muito tempo por um filho, mas sem resposta de Deus. Porque? Porque ela queria um filho apenas para satisfazer seu desejo próprio se vingando da sua rival, Penina.

Mas, a partir do momento que Ana mudou sua intenção em pedir um filho, Deus a ouviu e lhe deu. Ana, aprendeu a primeiro oferecer, depois pedir. Ela orou prometendo a Deus que se tivesse um filho, lhe daria ao Senhor. Ou seja, antes mesmo de receber, Ana entregou.

Depois de conceber Samuel, Ana expressa sua gratidão a Deus:

²⁶ E disse ela: Ah, meu senhor, viva a tua alma, meu senhor; eu sou aquela mulher que aqui esteve contigo, para orar ao SENHOR.

²⁷ Por este menino orava eu; e o Senhor atendeu à minha petição, que eu lhe tinha feito.

²⁸ Por isso também ao Senhor eu o entreguei, por todos os dias que viver, pois ao Senhor foi pedido. E adorou ali ao Senhor. (1 Samuel 1:26-28)

4. Davi

Davi tinha um coração grato a Deus. Ele estava continuamente desejando fazer algo para glorificar ao Senhor. Um exemplo disso, é o desejo de construir um templo para Deus. 

Além disso, vários de seus Salmos expressam sua gratidão, como por exemplo, o 100:4-5 que diz:

⁴ Entrem por suas portas com ações de graças, e em seus átrios, com louvor; dêem-lhe graças e bendigam o seu nome.

⁵ Pois o Senhor é bom e o seu amor leal é eterno; a sua fidelidade permanece por todas as gerações. 

Assim como Davi, podemos ter o desejo contínuo de agradecer a Deus usando meios que glorificam seu nome.

5. Maria

A escolhida para mãe do Salvador tinha um coração verdadeiramente grato a Deus. Isso se evidencia quando Maria visita a Isabel. Após escutar de Isabel que ela era bem-aventurada, Maria reconhece a bondade de Deus.

⁴⁶ Disse então Maria: A minha alma engrandece ao Senhor”. (Lucas 1:46)

Aprendemos com Maria sobre reconhecer o quanto Deus fez por nós. Além disso, devemos ter alegria em nosso coração e expressar isso em palavras e atitudes.

Assim como Maria, precisamos reconhecer que não somos merecedores das bênçãos de Deus, tudo é pela sua graça. Pois, isso nos leva a termos corações gratos a Deus e cheios de alegria. 

A humildade nos leva a gratidão que nos leva a agradar a Deus!

6. O Leproso Samaritano

A história você conhece: Jesus cura dez leprosos, mas apenas um volta para agradecer. Veja parte do texto:

¹⁷ E, respondendo Jesus, disse: Não foram dez os limpos? E onde estão os nove?

¹⁸ Não houve quem voltasse para dar glória a Deus senão este estrangeiro? (Lucas 17:17-19)

Esse é um exemplo claro de gratidão a Deus e uma lição de como precisamos não só pedir, mas agradecer.

Quando precisamos de algo, é normal buscarmos a Deus em oração, frequentar todos os cultos, fazer votos etc. No entanto, é necessário ir à presença de Deus com um coração grato a Ele.

Sabe um filho que todo dia chega até você pedindo algo. É claro, como pai ou mãe, você fará o possível para atender seu pedido, e fica feliz quando consegue. Agora, quando o mesmo filho chega até você sem nenhum interesse, ele apenas quer sua companhia, apenas que te dizer que te ama. Você não ficaria muito feliz?

Com Deus também é assim. Ele gosta de abençoar seus filhos, porém, Ele também espera que nos aproximemos Dele não apenas com interesses egoístas, mas com sentimentos de gratidão.

7. Paulo

O apóstolo Paulo aprendeu a ter um coração que agrada a Deus. Veja suas palavras:

¹⁰ Ora, muito me regozijei no Senhor por finalmente reviver a vossa lembrança de mim; pois já vos tínheis lembrado, mas não tínheis tido oportunidade.

¹¹ Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho.

¹² Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade.

¹³ Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece.

¹⁴ Todavia fizestes bem em tomar parte na minha aflição. (Filipenses 4:10-14)

Quando Paulo disse que aprendeu a contentar com o que tinha, ele estava dizendo: sou grato com aquilo que já tenho. Ou seja, antes de querer mais, ele sabia valorizar o que já tinha.

Tem pessoas que nada saciam seus desejos materiais. Quanto mais possuem, mais querem. Mas não é esse o ensinamento bíblico. Pelo contrário, a Bíblia nos ensina que não devemos ficar ansiosos pelas coisas desta vida, antes, devemos buscar primeiro o Reino de Deus e sua justiça, então, as demais coisas Deus nos acrescenta. (Mateus 6:33).

Espero que tenha aprendido as lições de gratidão com esses exemplos bíblicos. Deus te abençoe!

Sobre o Autor

André Lourenço
André Lourenço

Formado em Teologia, Graduado em Qualidade e Professor de cursos de Pregação e Interpretação Bíblica, me sinto feliz em compartilhar estudos bíblicos com você.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.